quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Procura-se

Ando meio desesperada, em busca de algo para me guiar. Serve qualquer coisa - profundas reflexões acerca da minha vida, trechos de música, o horóscopo do Personare, alguma nova responsabilidade, qualquer aleatoriedade da qual eu consiga devanear e encontrar um sentido - desde que eu não desista depois de cinco minutos. Eu disse que Setembro estava estranho, e ele continua estranho, e eu sinto como se estivesse regredindo, insistindo em atitudes que eu já havia superado, e pior, me perguntando se, justamente por eu acabar voltando, talvez essa atitude seja realmente quem eu sou?

Vou colocar uma imagem para me inspirar e para deixar o post bonitinho, obrigada.

Nenhum comentário: