sexta-feira, 16 de outubro de 2009

esse post não visa ter sensibilidade poética

Estou um tanto quanto cansada de crônicas da vida urbana, e de gente que tenta encontrar beleza, e profundidade, e significado, em tudo. Tenho uma história: eu estava estudando que nem condenada para a prova de Eletricidade II, olhei para o lado, vi algo que acabou comigo, me permiti uns dez segundos de tristeza e voltei a estudar, e continuei estudando até a prova, e fui bem na prova, e sai feliz e fui aproveitar o restinho da noite com meus amigos. Fim.
(A questão é que devanear pode atrapalhar muito a vida de uma pessoa, e eu não estou muito a fim de fazer isso, não hoje.)

Nenhum comentário: