quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

real life basterds

Daí que eu estava assistindo o BBB10 (sim, quando dá vontade eu assisto, e acho ridículo quem fala que não vê e não gosta para pagar de intelectual, beijomeliga) e descobri que o tal Marcelo Dourado tem uma suástica tatuada no braço.
Suástica. No braço. E não importa o que ele diga, não dá para olhar para uma fucking suástica sem pensar no fucking Hitler e no fucking Holocausto.  Né, quem sou eu para falar do corpo dos outros, da idéia dos outros, cada um é cada um e o diabo, mas não dá para evitar pensar:





Se fosse na testa tinha todo meu respeito.

3 comentários:

Marília disse...

Encontrei seu blog dia desses, gostei de como escreve e linkei no meu. Sabe, pra acompanhar. Não sou do tipo que comenta no dos outros, acho que é uma timidez virtual. Mas, então, seu post anterior me lembrou muito a mim mesma. Era só isso.

(bruma) disse...

Eu entendo, sofro da mesma timidez virtual e da dificuldade de comentar. Mas adoraria ler também seu blog, se você tiver um (e de responder esse comentário lá, hahaha)

Marília disse...

Não achei que fosse responder meu comentário. :O Você vai se arrepender de ler, mas... ok, o link está aí.