sábado, 19 de junho de 2010

Like brothers on a hotel bed

Pensei que a música se encaixava, que combinava. Pensei que falava bastante desse momento, pelo qual até mesmo irmãos passam, de se afastar, de mudanças. 
Então pensei que é uma música bonita demais, delicada e complexa demais para associar a você.
E é assim que estamos agora.
(Ano passado, houve um tempo em que eu pensava na Gisele com Brothers on a Hotel Bed, e também com Fluorescent Adolescent. A diferença é que sempre que essas músicas se relacionavam com o que eu estava passando com ela, eu ficava triste. Eu me afasto da Gisele por fases de transição naturais da vida, e nós sempre acabamos voltando. Entende? Não tem como comparar. E eu não consigo me preocupar)

Um comentário: