domingo, 12 de dezembro de 2010

So damn tired, sick and tired of it all

Cansei do fandom de futebol. Larguei de mão da faculdade. Não aguento mais não viver meus sonhos, não ter coragem para ir atrás deles. Não suporto não ser quem eu quero ser, e nem ao menos estar fazendo algo para ficar mais próxima dessa pessoa. Desisto de ficar me torturando me perguntando se sou boa o bastante para chegar onde eu quero chegar, de observar as pessoas acreditarem mais no meu potencial do que eu mesma acredito. Abandonei, por enquanto, o último livro do Haruki Murakami que eu estava lendo para focar só no do Neil Gaiman e ficar invejando e admirando o talento dele. As vezes eu quero não falar com ninguém, não fazer nada do que eu faço todos os dias, não me preocupar com nada que eu sempre me preocupo. Parei até de perseguir a barata que eu estava tentando matar com o genérico 'Mortein' por pura de preguiça de ir até meu quarto e pegar um chinelo. Não sei nem porque eu tenho um blog, um livejournal e um tumblr ao invés de centralizar tudo em uma rede social só. E ainda paro para me perguntar se quem acompanha alguma delas ficaria incomodado se eu começasse a publicar os mesmos textos em todas elas.

A barata finalmente sucumbiu. Caiu com as patas para cima aqui perto. Mandar às coisas a merda surte efeito, algumas vezes.

Nenhum comentário: