domingo, 14 de setembro de 2014

realeza

Aí que eu falei que ia voltar e nem voltei? Aprendam a não esperar nada de mim, crianças.
Mas vamos lá, sobre agosto: Nenhum dos rolos que eu comentei se concretizou, porque né, minha vida. Em compensação, eu fui na minha primeira festa da UFABC, e vamos dizer apenas que em determinado momento o queridíssimo André comentou que "gente, a Bruna transformou a cervejada em micareta". E eu estava mesmo me sentindo a rainha da festa, banhada em glória e tequila, até que voltando para casa eu dei uma parada no banheiro da estação Brás, olhei no espelho e:
O. HORROR.
Enfim, foi muita coisa errada, tanta coisa errada que quando os aluninhos reclamam com a atlética que eles ainda não publicaram as fotos da festa eu grito internamente que MEU DEUS NÃO TEM QUE SAIR NADA DESSA COISA NÃO. Eu não sirvo para viver em sociedade festas open bar. 
Tirando isso, o mês foi bem pacato. Como eu disse, nenhum dos rolos iniciais deu em nada, e um deles desapareceu de tal forma que eu até pensei que tinha alucinado e ele nunca tinha existido. Mas o fim de agosto realmente esteve para amor, porque meus sobrinhos lindos vieram para cá e vou postar uma foto gratuita para aumentar a beleza e simpatia desse post:
(Sim, eu tiro foto das minhas Instax para postar na internet)
Ok, vamos falar do Régio. Régio estuda comigo, na minha sala, porque com minha rotina atual ou eu mantenho uma crush na faculdade / trabalho / trem, ou não mantenho crush nenhuma (lembrando que eu já tentei levar adiante um romance do trem e terminou em desastre). Régio chama Régio porque, depois de usar todo meu stealth para para tirar foto dele no meio da aula e mandar para as amizades, comentei sobre como a pose dele era régia, como a figura era longilínea, os traços marcantes e ele todo um semi-deus. Sim, eu estava afetada pelos poderes de descrição de uma escritora de fanfic nível floreios & borrões, mas ele é tudo isso mesmo. Podem dizer que do alto de seu 1m90 e aparência muito acima da média ele é muita areia para minha algibeira*, mas dia desses eu tive um mini-surto na sala porque perdi meu brinco de argola, e ele parou de contemplar o infinito por cinco segundos para me perguntar "perdeu sua aliança"? 
Conclusão: Ele me ama

*Casei com Sandman no último mês, só deus pode julgar minha escolha de vocabulário.